MANA
Amor Clandestino (En Portugués)

Imprimir  0

Você é inevitável amor
Quase como respirar,
Quase como respirar.

Cheguei na tua praia tarde demais
Mas não me rendo
Sou teu amor clandestino,
Sou o vento sem destino
Que se mete por tuas pernas, meu amor,
Um sonhador, um clandestino
Que burla até com a vida, meu amor
Clandestino. Amada, amada, amor.

Não, não não não

Meu amor clandestino no silêncio, a dor,
O céu despenca sobre nós de tanto esperar.
Inevitável quase como respirar
O céu despenca sobre nós
De tanto esperar
Clandestino.

O universo conspirou inevitavelmente coração
Clandestino eterno amor

Mas me dói demais não gritar teu nome com toda liberdade,
Por ter que calar

E sonho tua pele na minha
E come teu sorriso amor
Mergulhafundo no calor
Que há em tuas músculos, em teu mar
Chorando em silêncio, sentindo tua ausência
Rogando ao céu e fingindo estar muito bem

Não, não não não

Meu amor clandestino no silêncio, a dor,
O céu despenca sobre nós de tanto esperar.
Inevitável quase como respirar
O céu despenca sobre nós
De tanto esperar
Clandestino.

Deixa de fingir, já não minta,
já passou, já passou.
Faz assim: já não tenha medo,
você é dona da minha respiração

Faz tanto que eu esperava o vento amor
O céu chora lagrimas de esperar.
Faz tanto que eu esperei tua luz amor
Ai amor, Ai amor Ai amor!

O céu despenca sobre nós
O céu despenca sobre nós de tanto esperar
Meu amor, deixa de fingir
Não minta, coração
O céu despenca sobre nós de tanto esperar
Entende amor

Contenido Creado y editado por
EKIRAH

OTROS ARTISTAS RELACIONADOS

JUANES
227 Letras
26815 Visitas
HOMBRES G
157 Letras
22914 Visitas
JULIETA VENEGAS
228 Letras
23666 Visitas
LA QUINTA ESTACION
123 Letras
21235 Visitas
LUIS FONSI
244 Letras
29617 Visitas
SIN BANDERA
178 Letras
35979 Visitas
EL SIE7E
32 Letras
9047 Visitas
DIEGO TORRES
147 Letras
22971 Visitas
FRANCO DE VITA
115 Letras
23309 Visitas
LA OREJA DE VAN GOGH
250 Letras
33404 Visitas
ALEJANDRO SANZ
242 Letras
32567 Visitas
RICARDO ARJONA
309 Letras
43919 Visitas
DASH LA LEYENDA
1 Letras
378 Visitas
PAULINA RUBIO
219 Letras
25151 Visitas

OTRAS LETRAS DE EKIRAH